Forças da Natureza - a Força Centrífuga

É incrível, mas é verdade, na Ciência existe falsidade e usurpação de poder!

A força centrípeta roubou a matemática da força centrífuga. Além disso, ela é falsa, não existe, e com o poder da matemática que comprova a sua veracidade, ela substitui outras forças nos movimentos curvilíneos como a tensão em uma corda, a força de gravidade no movimento da Lua, uma força normal como no caso das máquinas de lavar, etc.

Portanto, precisamos fazer justiça dando o real valor à força centrífuga que, junto com a força de gravidade, é a responsável pelo equilíbrio dinâmico e estável dos astros e das partículas. O Universo só existe graças à esse equilíbrio. A Ciência, através dos seus juízes, precisa condenar a força centrípeta à pena de morte e restaurar o poder da força centrífuga.

Denuncio esses crimes, através da Internet, para que os estudantes de física façam uma campanha com esse objetivo, questionando junto aos seus professores as provas dos exemplos relacionados abaixo.

A Ciência colabora com esses absurdos há muito tempo, protegendo e mantendo esses erros. Na relação abaixo, damos exemplos que comprovam a inexistência da força centrípeta e que ela, as vezes, é usada pelos físicos como se substituísse determinadas forças nos movimentos curvilíneos, que equilibram a força real centrífuga.

           A ciência afirma que em um corpo em movimento curvilíneo aprece uma força que puxa esse corpo para o centro do movimento, denominada de força centrípeta. Demonstraremos nos exemplos abaixo que a força real que existe é a força centrífuga, que empurra o corpo para fora do movimento. E você caro internauta não precisa conhecer física ou matemática. Apenas com a sua capacidade de raciocinar você constatará esse erro incrível que os doutores em física tem cometido.

    Exemplos:

    1°) O funcionamento das motocicletas no globo da morte.

     Quando uma motocicleta e seu piloto estão no alto do globo da morte, eles cairiam se a física estivesse certa, pois a força centrípeta e a gravidade os puxariam para baixo e não teria nenhuma força que impediria isso.

     A motocicleta e seu ocupante não caem porque o que aparece nos movimentos curvilíneos é uma força centrífuga que empurra a motocicleta para fora da sua trajetória e depois de certa velocidade, essa força centrífuga é maior do que o peso do conjunto, que anula a gravidade, além de pressionar a motocicleta contra a superfície do alto do globo da morte.Veja em detalhes.

Clique aqui

   2º) O funcionamento de uma cadeira pendurada em um disco que roda em torno de  um eixo, existente em
          parques de diversões.

 

          Se a física tivesse certa, ao sentarmos em uma cadeira pendurada em um aparelho que gira em torno de um eixo, existente nos parques de diversões, quando essa cadeira estiver em movimento, apareceria a força centrípeta que empurraria a cadeira para dentro do seu movimento em direção ao eixo central.

          No entanto, o que acontece no parque de diversões é a cadeira ser empurrada pela força real centrífuga que provoca uma tensão T nas cordas que seguram a cadeira, cuja componente horizontal TH equilibra essa força centrífuga Fc real e a componente vertical da tensão Tv equilibra o peso P da cadeira como seu ocupante.

          Veja em detalhes. Clique aqui

   3°) O movimento das roupas em uma máquina de lavar

      Os fabricantes das máquinas de lavar fazem furos na parede lateral para expulsar a água da roupa na secagem, quando este cilindro está em movimento circular. 

     Se a física estivesse certa, a roupa depositada nesse cilindro seria empurrada para o centro dele quando ele estivesse em movimento circular pela força centrípeta e os fabricantes fariam um furo no centro do cilindro para escoar a água.

     Na verdade quando o cilindro está em rotação, o que aparece é a força centrífuga que empurra as roupas contra a parede lateral do cilindro, além de expulsar as moléculas de água existente na roupa, que escoam pelos furos laterais desse cilindro.

          Veja em detalhes. Clique aqui

   4°) Porque a Lua não cai na Terra


     Pela gravidade de Newton, a Lua é puxada diretamente para a Terra pelas forças de gravidade no eixo Terra - Lua.

     A ciência afirma que em um corpo em movimento curvilíneo aparece uma força real centrípeta puxando o corpo para o centro do movimento.

     Se isso fosse verdade, devido ao movimento circular da Lua em torno da Terra, a Lua seria puxada na direção da Terra pela força centrípeta, além de ser puxada pela gravidade de Newton.

     Assim, puxada por essas duas forças, ela obrigatoriamente cairia na Terra. Isso não acontece.

     A física, por não ter como explicar o equilíbrio da Lua na sua órbita, criou uma força centrípeta que não existe falando que é a responsável por manter os astros nas suas órbitas.

     Na verdade, a Lua não cai porque aparece, devido a sua órbita circular, uma força centrífuga empurrando - a para fora da sua órbita, fazendo com que a velocidade v da Lua seja tal que essa força centrifuga equilibra a força da gravidade de tal maneira que ela não afasta e nem aproxima da Terra. Isso explica porque a Lua não cai na Terra, mas não justifica a causa do seu movimento, que pela física a responsável por esse movimento é a força centrípeta.

     Esta foi a solução mais coerente que a física encontrou para explicar a órbita da Lua e aproveitou essa força centrípeta na explicação dos movimentos circulares de todos os corpos.

     A responsável por manter a velocidade orbital dos corpos é uma força tangencial que não aumenta a velocidade do corpo, mas faz com que ele modifique a trajetória da sua órbita a todo instante por ser perpendicular ao raio do movimento curvilíneo. Essa força tangencial não existe na gravidade de Newton porque essa gravidade é na direção do eixo Terra – Lua.

     Essa força tangencial só existe na gravidade Lógica, onde a força de gravidade que puxa a Lua para a Terra não é nesse referido eixo, mas faz um pequeno ângulo com ele.

     Assim, é possível decompor a força de gravidade em dois componentes:

     A força radial da gravidade, que vai equilibrar a força centrífuga e a força tangencial da gravidade que é a responsável por manter a lua na sua órbita. E como demonstro, em todos os exemplos que dou sobre a força centrífuga, essa força tangencial existe em todos movimentos circulares.

     Veja em detalhes. Clique aqui

   5º - Como a força centrípeta tirou a matemática da força centrífuga

     A dedução da aceleração da força centrípeta feita pela física matematicamente está certa, mas os físicos, no interesse de explicar o funcionamento da Lua na sua órbita em torno da Terra, que afirmava que nos movimentos curvilíneos aparece uma força real que puxa o corpo em movimento para o centro da curva, criaram a força centrípeta por não saber da existência da componente tangencial da gravidade.

     Eles deduziram a aceleração centrípeta e daí a força centrípeta da figura ao lado.

     Nessa figura, eles conhecem o comprimento de uma circunferência de raio r e a velocidade tangencial de um corpo que percorre esta circunferência e chegaram à existência de uma aceleração
.

     Nada na dedução dessa aceleração, que é uma aceleração perpendicular à velocidade v do corpo, indica que essa aceleração seja de fora para dentro.

     Mas, por necessidade da existência da força centrípeta, que não existe, eles optaram pelo sentido de fora para dentro. 

     Assim, a matemática dessa aceleração foi tirada da força centrífuga para a força centrípeta. Essa matemática comprovou pseudamente a existência da força centrípeta. Com isso, uma força importante do Universo, que é a força centrífuga, como já explicamos, foi delegada para um plano secundário, como se fosse uma força fictícia. 

     Portanto, caros internautas, entrem numa campanha para fazer justiça à força centrífuga e condenar a força centrípeta, acabando com a sua existência.

50 comments for "Forças da Natureza - a Força Centrífuga".

Você está equivocado, o q enviado por Visitante (não verificado(a))
Kkkkk. Força centrípeta enviado por Visitante (não verificado(a))
Cara, como esse site é um enviado por Visitante (não verificado(a))
força Centrífuga enviado por Geraldo Antunes...
força Centrífuga enviado por Visitante (não verificado(a))
Trata-se de Farinha do mesmo Saco enviado por Zé Carlos (não verificado(a))
Charlatão enviado por Visitante (não verificado(a))
Conceito de Força Centrípeta enviado por Deleon Jerez (não verificado(a))
Conceito de Força Centrípeta enviado por Deleon Jerez (não verificado(a))
Conceito de Força Centrípeta enviado por Deleon Jerez (não verificado(a))

Comentarios

  • Se você gostou de Deduções Lógicas, ajude a divulgá-las, Curta e envie para seus amigos as nossas teorias pois como eu já disse são tantas e profundas as modificações que faço na física, que o conhecimento delas, levará ao homem uma fase extraordinária de progresso e de bem estar.

    Use os Botões abaixo


  • Esta pesquisa mostrará todas as páginas do site de Deduções Lógicas que possuem o termo digitado.

    Loading

    Usuários on line

    No momento há 1 usuário e 1 visitante online.