A Relatividade - A Relatividade e os Relógios Atômicos

Os relógios atômicos são controlados ou comparados por centrais através de ondas de rádio. NIST nos Estados Unidos, LPTF na França e PTB na Alemanha.

Dois relógios atômicos, um no primeiro andar de um edifício e outro no último andar, terão velocidades orbitais diferentes em conseqüência da rotação da Terra, onde:


v1
-> velocidade do relógio 1;


v2
-> velocidade do relógio 2;


D
-> diferença de nível entre eles;


R1
-> relógio 1 no último andar;


R2
-> relógio 2 no primeiro andar;

 
v
= v1- v ->velocidade relativa entre os dois relógios.

Para a ciência.

O observador na Terra ao lado do prédio onde estão localizados os relógios atômicos não percebe as velocidades v1 v2 e v = v1 - v2, mas sabe calculá-las.

 

O relógio R1  tem uma velocidade relativa v em relação ao relógio R2 . Devido à relatividade restrita e à velocidade v, a ciência afirma que o relógio R1 movimenta-se mais vagarosamente que o relógio R2, sendo que o tempo medido pela onda de rádio que faz a comunicação entre os dois relógios com a finalidade de comparar os tenpos medidos entre eles, percorre a trajetória  R1R2 de de comprimento D em um tempo  t0, medido pelo relógio R1 e um tempo t, medido pelo relógio R2, e que esses dois tempos se relacionam pela fórmula do tempo da relatividade.

A Ciência afirma que esta diferença, calculada teoricamente da maneira acima, será igual a diferença lida na prática entre os dois relógios R1 e R2.

Com certeza, isto acontecerá quando os relógios atômicos tiverem uma precisão tal que permita medir esta diferença. Hoje, eles ainda não são tão precisos.

A Ciência afirma, também, que a gravidade influencia nesta diferença Dt.

Para a Deduções Lógicas

O tempo é absoluto.

O observador S veria que a onde de rádio é emitida do relógio R1 na posição R'1, e alcança o relógio R2 quando este ocupa a posição R2.

Em um tempo t, medido pelo relógio do observador na Terra ou pelo do observador S, pois ambos relógios movimentam-se da mesma maneira já que o tempo é absoluto, ele veria:

- o relógio R1 ir da posição R'1 até R1, percorrendo a distância E com velocidade v;

- o relógio R2 ir da posição R'2 até a R2;

- a onda de rádio ir de R'1 até R2 percorrendo a trajetória L com velocidade c.

A onda de rádio ao chegar em R2 devido a velocidade v1 deste relógio e ao efeito de aberração modifica a sua trajetória R'1R2 como se tivesse percorrido a direção R1R2.

Mas se a Terra não tivesse o seu movimento de rotação, a velocidade v = 0, então, a onda teria percorrido a trajetória R1R2, de comprimento D com a velocidade c em um tempo t0.

Se resolvermos o triângulo R'1 R1R2,
chegaremos a mesma fórmula do tempo da relatividade. Vejamos:

A diferença entre a física atual e "Deduções Lógicas" é apenas na interpretação dos fatos.

Deduções Lógicas ao deduzir a fórmula acima, usando apenas um relógio, o do observador na Terra ou do observador S no espaço vendo o movimento de rotação da Terra, acabou aperfeiçoando a relatividade
mostrando que ela está certa, podendo ser aplicada em todos os fenômenos relativos à dinâmica das ondas eletromagnéticas como vem sendo aplicada até hoje. No entanto, dá interpretações diferentes, do que aquelas usadas pela Ciência, acabando com os absurdos como: dilatação do tempo, contração dos espaços, quarta dimensão, etc.

Nesse exemplo dos relógios atômicos, t > to, não é porque um relógio anda mais devagar do que outro como afirma a relatividade, mas simplesmente porque a trajetória L percorrida pela onda, quando v é diferente
de 0, é maior do que a trajetória D, quando v = 0. Sendo assim: se L> D teremos t > t0.

Deduções Lógicas também afirma que a gravidade influencia em Dt,veja Gravidade e Tempo.

A interpretação da diferença Dt
entre dois relógios atômicos para a Ciência é acumulativa, pois os relógios movimentam sempre com velocidades diferentes. Já para Deduções Lógicas, esta diferença não é acumulativa. Assim sendo, relógios atômicos situados em diferentes latitudes e altitudes acertados uma vez, em relação a um padrão universal de tempo, continuarão sempre certos. Se não acontecesse dessa maneira seria impossível termos um padrão de tempo pois todos os relógios movimentariam de maneiras diferentes em função de suas velocidades que variam de acordo com a latitude, altitudes e também conforme o planeta que estiverem localizados.

Portanto os físicos em um futuro próximo, quando muitos veículos terão pilotos automáticos e rotas a serem descritas com grande precisão nas viagens interplanetárias, podem ficar despreocupados que eles terão um padrão preciso de tempo para guiarem as suas naves, coisa bastante complicada se a relatividade estivesse certa.

Nesse caso também podemos aplicar a Relatividade:

1º - Estamos comparando um tempo t0 caso a Terra esteja parada com o tempo t, considerando a rotação da Terra.

2º - Estamos usando a fórmula do tempo num triângulo retângulo
R'1 R1R2
.

3º - Há uma mudança de fótons quando consideramos o relógio R1 parado e com velocidade v.

4º - E se optarmos pela interpretação da Relatividade Restrita, teríamos que aceitar a idéia da dilatação do tempo.

5º - E caso optarmos pela interpretação da sua Relatividade Lógica, estamos aceitando a validade do Efeito Camila, que é muito mais assimilável do que acreditar na existência da dilatação do tempo.

- Bravo! Você assimila as coisas com muita facilidade. Tenho certeza de que você será um bom professor num futuro muito próximo para ensinar física aos atuais físicos catedráticos. Falou mais uma vez o Dr. Cláudio.




2 comments for "A Relatividade - A Relatividade e os Relógios Atômicos".

sobre relógios atômicos enviado por Gilghamesh (não verificado(a))
Sobre relógios atômicos. enviado por Visitante

Comentarios

  • Se você gostou de Deduções Lógicas, ajude a divulgá-las, Curta e envie para seus amigos as nossas teorias pois como eu já disse são tantas e profundas as modificações que faço na física, que o conhecimento delas, levará ao homem uma fase extraordinária de progresso e de bem estar.

    Use os Botões abaixo


  • Esta pesquisa mostrará todas as páginas do site de Deduções Lógicas que possuem o termo digitado.

    Loading

    Usuários on line

    No momento há 1 usuário e 1 visitante online.